Passo a Passo para exportar Pontos do Google Maps para KML

Terceira parte das minhas publicações sobre Mapas Online. Nesta série, o meu objetivo é apresentar os meios para publicação de informação espacial na Internet, seja por processos simples ou complexos.

Exportar Planilha para KML

O foco da minha série é a Geocodificação, um processo destinado a associar coordenadas para uma lista de endereços. Até aqui, tivermos duas publicações:

Estes artigos proporcionaram a geração de um mapa com dezoito estabelecimentos em São Paulo.

Cada ponto no mapa possui um cadastro contendo o nome e o endereço das lojas. Esse cadastro é revelado pelos textos explicativos quando o usuário clica com o mouse sobre o ponto notável:

Mapa das Auto Escolas em São Paulo

Com a lista pronta, vamos prosseguir para atividade de salvar as coordenadas do Google Maps no formato de planilha do Excel. O arquivo intermediário será exportado em KML, um formato de vetor desenvolvido para o Google Earth.

Coordenadas dos Pontos no Google Maps

Cada ponto possui coordenadas que representam a localização geográfica para cada estabelecimento. Essa informação está cadastrada no balão descritivo de cada ponto:

Coordenadas do ponto no balão descritivo

Nosso objetivo consiste em gerar uma lista de coordenadas dos estabelecimentos mapeados. Podemos realizar essa tarefa com apoio do Google Earth Pro, Bloco de Notas e Microsoft Excel.

Etapa Número 1: Google Maps

Vamos aproveitar os dados que foram utilizados nas matérias anteriores para gerar um novo arquivo vetorial no formato KML.

Exportar Dados do Mapa para KML

Com o mapa aberto no Google Maps, clique nas reticências ao lado do título do mapa e selecione a opção Exportar para KML/KMZ.

Google Maps - Exportar Pontos para KML

Na janela seguinte, selecione o arquivo das empresas e marque a opção Exportar para um arquivo .KML:

Opções para Exportação do Mapa para KML

Baixe o arquivo para o seu computador. Na tarefa seguinte, vamos utilizar o Google Earth Pro.

Etapa Número 2: Google Earth Pro

É fundamental possuir o programa Google Earth Pro instalado no seu computador. Com este programa, podemos importar o arquivo gerado pelo Google Maps e embutir as coordenadas para cada ponto. O Google Earth Pro deve ser utilizado para que a posição espacial das coordenadas seja gravada no arquivo KML.

Arquivo KML baixado no computador

Aproxime a visualização para um dos pontos.  Ao redor de todos os pontos há um retângulo envolvente.

Ponto Notável e o Retângulo Envolvente

Esse retângulo em volta do ponto notável faz parte do KML proveniente do Google Maps e recebe o nome de Coleção de Geometria ou Geometry Collection. Trata-se de um tipo de geometria agregado a outros tipos (pontos com linhas, pontos com polígonos, linhas com polígonos, etc.). Infelizmente a Coleção de Geometria atrapalha um pouco o nosso objetivo de extração de coordenadas e temos que contornar este problema de outra forma.

Criar uma Cópia do Arquivo KML

Para remover a Coleção de Geometria, devemos gerar uma cópia do arquivo KML para gravar o posicionamento do Google Earth. Clique com o botão direito sobre a camada temporária e acesse a opção Salvar Lugar Como.

Google Earth Pro, opção Salvar Lugar Como

Digite um novo nome para o arquivo e selecione um local do computador. Troque a extensão para KML no lugar de KMZ.

Renomear arquivo KML para XML

A criação do arquivo com o posicionamento do Google Earth foi concluída com êxito. Nos passos seguintes, vamos editar este arquivo no Microsoft Excel para ampliar o controle sobre as coordenadas geradas pelo processo de Geocodificação do Google Maps.

Etapa Número 3: Excel

Renomear KML para XML

O arquivo KML do Google Earth foi gerado com a intenção de fornecer as coordenadas para os estabelecimentos em São Paulo. Para prosseguir, precisamos renomear  o arquivo para que o mesmo possa ser compatível com o Microsoft Excel. Este processo vai organizar as coordenadas de cada loja no formato de latitude e longitude.

Para abrir o KML no Excel, você deve renomeá-lo para XML.

  • Antes: AutoEscolas_SP.kml
  • Depois: AutoEscolas_SP.xml

Arquivo Renomeado de KML para XML

Para abrir o novo XML no editor de planilha eletrônica da Microsoft, clique no menu

Dados – Obter Dados Externos – De Outras Fontes – Da Importação de Dados XML

Obter XML - Dados Externos do Excel

Localize o arquivo XML que foi renomeado na etapa anterior. A seguinte mensagem será exibida na sequência:

Janela de Aviso

Pressione OK e siga adiante. Na próxima janela, clique em OK.

Salvar Resultados na primeira célula

O arquivo XML será aberto no programa. Muitas colunas não serão utilizadas. Apague todas até chegar no nome dos edifícios.

Remoção das colunas desnecessárias no KML

Continue removendo linhas da planilha sem funcionalidade.

Remoção de linhas desnecessárias

As informações relevantes estão nas colunas ns1:name3, ns1:address e ns1:coordinates, mas há registros duplicados que devem ser removidos.

Presença de registros duplicados na planilha

Para remover as duplicatas, clique sobre a coluna ns1:name3 e utilize a função do Excel Remover Duplicatas.

Remoção de Duplicatas no Excel

Marque apenas as colunas  ns1:name3 e ns1:address. Pressione OK.

Remoção de Duplicatas Seleção de Colunas

Pressione OK. A partir de agora, apenas os dezoito endereços únicos serão exibidos.

Apague o restante das colunas desnecessárias e mantenha apenas a configuração da imagem abaixo:

Colunas finais

As coordenadas estão unidas na mesma coluna e precisamos de duas colunas: Long e Lat. Isso pode ser facilmente ajustado no Bloco de Notas.

Ajustes Finais no Bloco de Notas

Copie e cole sua planilha no Bloco de Notas. Quando os dados são colados, repare que existe um caractere reservado ao espaçamento de palavras. O Excel utiliza a tabulação (TAB) para separar os itens de cada coluna.

Copie essa marca de tabulação. Vai ser extremamente útil mais adiante.

As coordenadas oriundas do Microsoft Excel estão agrupadas na mesma coluna. A configuração padrão é esta:

Sendo coordenadas Geográficas separadas por uma vírgula, podemos truncar parte do texto com intuito de substituí-lo pela tabulação.

Fluxo de trabalho: Substituição

No Bloco de Notas, pressione CTRL + H para Localizar e Substituir. Localize o trecho ,- e cole a tabulação seguida de um traço.

Por último, faça a substituição do trecho ,0 pelo campo vazio para apagar a altitude preenchida com zero.

Para finalizar, selecione tudo e copie. Crie uma nova planilha do Excel e, antes de colar, você deve formatar todas as células para texto.

Resultado final: a lista de endereços com coordenadas está pronta para ser usada. Modifique o cabeçalho de todas as colunas conforme o modelo abaixo:

Sem a formatação de todas as células para texto, todas as coordenadas iriam apresentar um problema de formatação. Agora que deu certo, podemos formatar as colunas que abrigam as coordenadas a partir da substituição do ponto pela vírgula como separador de casas decimais.

Continue acompanhando a sequência de publicações sobre os principais mecanismos para publicação de mapas online.

Informações

Instrutor GIS é o site de consultoria do Geógrafo Jorge Santos.

Jorge Santos é Instrutor de Geotecnologias, Produtor de Conteúdo Geo, Técnico em Geoprocessamento, Analista em Geoprocessamento e Designer Gráfico com mais de dez anos de experiência.

Contatos

  • WhatsApp: (61) 99616-5665
  • Skype: jorgepsantos2002
  • E-mail: jorgepsantos@instrutorgis.com.br

4 comentários em “Passo a Passo para exportar Pontos do Google Maps para KML”

  1. Muito interessante, infelizmente excel para MAC não tem essa função de obter dados de Outras Fontes – Da Importação de Dados XML

  2. Olá Jorge!
    De quando é a postagem?
    Fiz o processo, mas as coordenadas não vêm.
    Acho que o Google está limitando a obtenção dessas informações.
    Sabe de algo?
    Att.
    Oseias

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.