QGIS 3: Análises Espaciais com Dados Abertos

Coordenadas das Estações Hidrometeorológicas

QGIS 3: Análises Espaciais com Dados Abertos

Coordenadas das Estações Hidrometeorológicas

As análises espaciais que fazem parte do Geoprocessamento exigem do usuário uma ampla compreensão dos processos que vão sendo executados com a finalidade de alcançar um resultado. Faz um tempo que uma pessoa apresentou certa dificuldade para posicionar espacialmente todas as estações hidrometeorológicas dentro dos limites do Brasil . Para solucionar questões dessa natureza, é fundamental conhecer os processos que estão à disposição do utilizador no Sistema de Informações Geográficas (SIG) e partir para a busca por essa informação nos canais de domínio público.

Rede Hidrometeorológica Nacional

Há um inventário gerido pela Agência Nacional de Águas (ANA) e entidades colaborativas. Neste acervo, é possível obter a localização geográfica de todas as estações meteorológicas existentes desde o século 19. Essas informações podem ser obtidas no portal HidroWeb, um espaço na rede para monitoramento dos recursos hídricos que faz parte do Sistema Nacional de Informações sobre Recursos Hídricos (SNIRH).

Quando o analista toma posse do inventário (disponível em MDB do Micosoft Access), é importante conhecer os procedimentos da ferramenta Geo para tratamento dessas informações. Quando o usuário desconhece o sistema, há certa dificuldade para prosseguir. Neste artigo, vamos explicar detalhadamente os processos para as análises de sobreposição de entidades vetoriais.

Leitura do Inventário da ANA no Microsoft Access

Para os que utilizam o Sistema Operacional Windows, o método mais prático para leitura e processamento dos dados da ANA no formato MDB é a exportação para um documento do Microsoft Excel ou documento de texto. Nas duas situações, será necessário possuir uma licença do Microsoft Access. Para ter acesso aos dados do inventário, siga estes procedimentos:

Visite o Portal HidroWeb e faça o download do arquivo inventario.zip. Em caso de dúvida, siga o roteiro abaixo:

Faça a descompactação  e abra o arquivo HIDRO.mdb com o Microsoft Access. Com o documento aberto, clique duas vezes sobre o arquivo Estacao para visualizar a tabela. Daqui por diante, você possui a total liberdade para exportar os dados das estações hidrometeorológicas para o formato que desejar. No teste realizado, optei por salvar uma cópia no formato de texto.

Siga os passos do assistente para exportação de uma tabela do Microsoft Access. Se você optou por gerar o resultado em texto, deve notar que alguns parâmetros são necessários.

Importação do Inventário no QGIS

Siga os passos abaixo para importar as estações hidrometeorológicas para o QGIS 3:

Os pontos serão adicionados no mapa. A importação foi a etapa inicial do processo. Agora, como descobrir as estações que estão dentro do Brasil?

Em outra publicação, vamos executar alguns processos para selecionar apenas os pontos que estão dentro do limite do nosso país. Não perca!

Compartilhe conosco a sua experiência com a ferramenta QGIS 3.0!


Informações

Instrutor GIS é o site de consultoria do Geógrafo Jorge Santos.
Jorge Santos é Instrutor de Geotecnologias, Produtor de Conteúdo Geo, Técnico em Geoprocessamento, Analista em Geoprocessamento e Designer Gráfico com mais de dez anos de experiência.

Contatos

  • WhatsApp: (61) 99616-5665
  • Skype: jorgepsantos2002
  • E-mail: jorgepsantos@instrutorgis.com.br

NewsLetter InstrutorGIS

Assine para ter Acesso:

À conteúdos em PDF de alta qualidade exclusivos para assinantes da newsletter.

Aos melhores tutoriais e artigos direto na sua caixa de e-mail.

Às promoções, eventos, sorteios e muito mais...

2 comentários em “<span class='igis-post-list-mansory-title-enabled igis-post-view-mansory-title-disabled'> <h2> QGIS 3: Análises Espaciais com Dados Abertos </h2> <h4> Coordenadas das Estações Hidrometeorológicas </h4> </span> <span class='igis-post-list-article-title-disabled igis-post-view-article-title-enabled'> <h1> QGIS 3: Análises Espaciais com Dados Abertos </h1> <h3> Coordenadas das Estações Hidrometeorológicas </h3> </span>”

Deixe um comentário